20 de setembro de 2008

Um dia, este país vai ter uma monarquia, não por a monarquia ter reconquistado este país mas por este país não querer mais esta república

Entretanto, estamos nesta lama de interesses privados a levar com a ladainha dos direitos colectivos, dos direitos adquiridos, do "despertar", como se o calendário tivesse começado em 1910, das inequívocas conquistas de Outubro e de Abril, orientados para o admirável "mundo  novo", e tudo isto com o carinho e cuidado dos vigilantes politiqueiros deste regime. Há que mudar. E não se resolve a origem da dor ministrando sempre uma anestesia.