5 de fevereiro de 2009

O Autocarro


Não vejo qualquer problema em circularem autocarros com frases a dizerem que "provavelmente não existe Deus... diverte-te...". Tudo não passa de um autocarro com publicidade, de índole comercial ou política! A maior parte da publicidade é inócua e passiva. A acção da boa publicidade induz processos-memória no acto de "compra". Mas Deus não se compra. Nem a falta dEle. Aliás, acho que os mentores desta campanha devem ter urgido esta ideia para motivar os milhares de desempregados e sofredores com a crise. O que me preocupa é o "Provavelmente"! Então os gajos estão convictos ou não?? Já me sinto enganado....

Imagem picada no "Arrastão"

Sem comentários: