4 de fevereiro de 2009

Para desanubiar




Face aos tempos melancólicos e turvos, a linguagem dos camaradas do PREC é um suporífero mental. Só de olhar ficamos logo "desactivados" e levitados no tempo.

A minha filha de 13 anos pede-me para escrever umas perguntas: de que maneira pensam acabar com os ricos e burgueses, esses fascistas, ao pontapé na cabeça? E se acabarem de vez com os "burgueses" e "capitalistas" quem vai abrir empresas para dar empregos aos "trabalhadores" e se se deve cerrar o punho esquerdo ou o direito no ar?
Obrigado.

Sem comentários: