20 de março de 2009

Dia de um pai

Ontem foi dia do pai!! Eu nunca liguei patavina a esses dias "efeméride", agora do pai, amanhã da avó, depois sem carro, depois das transfusões, e por aí fora. Mas não consigo ficar insensível à infância das minhas filhas. Por um momento "assumo" um pouco do "dia", de todos os dias, e abraço e ouço o que as minhas duas filhas têm para me dizer. A expectativa não me defraudou! A Joana, com treze anos, escreveu-me tudo aquilo que eu preciso de ouvir, tudo aquilo que me liberta e me importa. Mesmo sabendo os meus limites, todo o amor que eu tenho e que lhes dou tem-se convertido na dimensão que eu acredito ser Família.

"Meu querido pai
Queria agradecer-te por me teres constituído e por me teres trazido a este mundo
Queria agradecer-te por ter de comer quando chego a casa
Queria agradecer-te por ter um lar onde posso dormir
Queria agradecer-te por todos os dias poder ir para a escola, para aprender
E quando for "grande" poder ser como tu
Queria agradecer-te pelo amor, carinho e dedicação..".

Obrigado, Joaninha, por me fazeres sentir que o pouco que sou faz o muito dos teus dias....

Sem comentários: