10 de junho de 2009

"Dia de Portugal"?


Tenho nojo das eminências que disfarçam o tronco e os membros só para ficar na fotografia. Portugal não se celebra num dia, não se lembra por umas horas, não se confina a limitados periodos de tempo, não se resume em condecorações de "cristianos" ou "anti-fascistas" nem a festarolas que se fazem só porque se fazem! O "Dia de Portugal" é meramente trabalhado para a afirmação deste regime verde-tinto! Podem por as "tropas" todas a brincar na parada que este chão não vibrará enquanto a nossa Pátria for gerida como uma avença ou a nossa história compilada às 7 "maravilhas". Pobre Camões; usado mas não cantado. Como se alguém da "organização" sentisse na pele uma só estrofe dos seus versos.

* imagem picada em Idi@s

Sem comentários: