28 de setembro de 2009

Bem vistas as coisas


Parte do povo votou. A abstenção ganhou as eleições com 38 a 40%, depois o PS com 36,5 %, depois o PSD com 29% depois o CDS com 10,5% depois o BE com 9,5% depois a CDU com 7,8% e por aí fora. Nos próximos dias a minha ementa é não ligar a televisão e desviar-me dos comentários que vão jorrar em estilo de psicanálise do sistema com os analistas a exigirem prémios para os seus prognósticos. Uma pequena maioria deu aval para mais do mesmo ideal socialista, mais das mesmas políticas plásticas. É notório. Nos próximos tempos não deverá haver ruído. Espero que à medida que a "crises" penarem no precipício, pelo menos, estes 36,5% não se venham queixar.

Sem comentários: