23 de outubro de 2009

Obamagenealogia


Michelle (na fotografia, a dar voltas à vida) Obama (nome do marido) sabe agora que uma sua tetravó teve um caso, ou uma "relação", ou uma violação, não se sabe, com um homem branco. Esta tetravó descendia de escravos e fora escrava. Barack apelou aos genealogistas para que tentem descobrir este homem, pois disseram-lhe que havia sido descoberto um testamento de 1850 em que a cor do desconhecido, que não assumiu a paternidade do fruto, era clara e alva. Esta "descoberta" vem por em pé de igualdade as ascendências do casal. Obama já disse que Michelle era "a quinta-essência da mulher americana."
Sabe-se que os norte-americanos são o povo mais fanático pela genealogia, sabe-se que muitos ricos "rancheiros" já viajaram à Europa para enjeitar casamentos para os seus com a aristocracia; agora que se "quinta-realizavam" através da miscenização, eu não sabia.


foto picada no JN © HARAZ N. GHANBARI/AP

Sem comentários: