9 de dezembro de 2009

Eu também


Um dia, talvez, a justiça se erguerá triunfante sobre um povo caído na escravidão. Sebastianista, pois claro, ainda acredito que na 25ª hora um sobressalto de liberdade moverá os corações e inteligências adormecidos e restituirá aos portugueses a cidadania confiscada, abusada e ridicularizada por todos os pequenos e grandes lóbis que nos reduziram a caricaturas.

3 comentários:

Combustões disse...

Caríssimo João:
Ainda acredito no milagre derradeiro.

João Amorim disse...

A poeira da ignorância acentou na inteligência das pessoas, caro Miguel. A monarquia não é vista nem sentida como a alternativa para a saida do abismo mas como uma era pertencente ao passado (!!) A república tem feito bem, desde a implantação, o seu papel de "dealer"! Vende o produto e apresenta-se como a "solução" para a ressaca.

Nuno Castelo-Branco disse...

Já não digo nada.