8 de fevereiro de 2010

Quem cala

Quem cala consente.

Sem comentários: