31 de maio de 2010

Os mesmos "campos"

Gostava de ouvir agora – com a mesma tenacidade com que se "debate" o holocausto – todos aqueles que exortam a inocência e a pureza dos judeus, os eternos "perseguidos". São todos iguais. Até nos "campos" de concentração.

Sem comentários: