6 de dezembro de 2010

O meu amigo Catarino

Tem um dom especial. Vive como desenha, exprime-se como vive. Os seus traços, simples, firmes, poéticos, levam-me a viajar pela saudade da minha adolescência, o campo e as pequenas vilas, o sossego das paisagens amenas e apelativas. O João Catarino não é um simples urban sketcher, é um artista que pode reclamar para si a consistência mágica com que agarra para sempre – mais que fotográficamente – a vida que nem sempre conseguimos constatar.

Convido todos os que me possam ler a visitar obrigatoriamente esta reportagem dividida em várias partes.


http://www.ionline.pt/itv/16239-atravessar-o-pais-pela-en2---1-parte-viagem-chavesviseu

http://www.ionline.pt/itv/16240-atravessar-o-pais-pela-en2-2-parte-viagem-viseugois

http://www.ionline.pt/itv/16238-atravessar-o-pais-pela-en2--3-parte-goismontargil

http://www.ionline.pt/itv/16312-atravessar-o-pais-pela-en2---4-parte-viagem-montargilfaro


Sem comentários: