31 de março de 2011

Freitas

Dr. Freitas, vai com todos, disse: "Entendo aliás que tal comemoração é actualmente mais necessária do que nunca". Abram-se as portas do panteão. Que sociólogo. Estava a falar do 25 de Abril de 1974, a propósito de alguém estar a pensar em não haver na Assembleia uma cerimónia de comemoração. Eu entendo o Dr. Freitas. Espero que ele me entenda a mim. Simbolismo por simbolismo, enquanto houver traidores, políticos corruptos, farsantes e meliantes que se aproveitaram e se aproveitam do 25 de Abril eu não comemoro 25 nenhum. Comemoro o 24, comemoro o 26.

Sem comentários: