8 de junho de 2011

Um cafézinho


Li de esgelha, acho que no CM, que o ex primeiro-ministro toma o cafézinho no carro porque passou a ser mal encarado no café ao lado de casa. Imagino a cara dos "clientes" a olharem para a cara do homem que mais facturas mandou passar nas últimas décadas. Nunca, desde o 25 de Abril, um governo fez tantas aquisições de serviços, comprou tanto material de escritório, trocou tantas vezes de carro para executivos, deu tantos cartões de crédito, adquiriu tantos telemóveis de serviço, pagou ordenados tão altos aos gestores públicos, fez tantos contratos de concessão. disto e daquilo, comprou tanto cimento e alcatrão para asfaltar o país. É surpreendente consultar o INE ou o site "Transparência". O défice está aí à vista e ainda vêm aí mais facturas atrasadas... Não admira que os clientes do café encarassem mal o ex-ministro. Ele pedia, eles pagavam e vão continuar por muitos anos a pagar. Quanto ao cafézinho, nunca tirou o sono ao ex-ministro, ou melhor, nunca o acordou para a realidade.

Sem comentários: