14 de julho de 2011

Haja esperança



Depois desta frase Portugal pode sonhar e ter esperança. Mesmo não dizendo o que são os actuais amigos, Lili, que sabemos agora o que "sempre foi", resume muito do cérebro falante e andante deste país! Ela sempre andou de salto-alto-mental face às suas congéneres, uma Senhora do patamar da esquerda pró-soviética, uma verdadeira protó-tipa do revolucionário bolchevique. Sempre soube que ela estava talhada para ser uma Comissária do Povo. É um sinal, de que tudo não está perdido. Realmente, são estas talhas de prosa, vindos do melhor, que me fazem ter esperança de que pior nunca viremos a estar.

Imagem: jornal i

2 comentários:

Luís Bonifácio disse...

Qual é o problema da Lili ser trotsquista?
Não seria a primeira a aparecer na caras uma vez que o Anacleto até foi capa da caras há uns anos,

João Amorim disse...

Até tens razão, mas da LILI já sabemos que ela corresponde a 90%, pelo menos, do pensamento obtuso que a nossa classe "média" aspira: Ser bonito e rico (ao mesmo tempo) sem "preparação"... ... ... o que diria dela o Leon Trótski?