11 de julho de 2011

Sintético


Os jovens Portugueses estão entre os que mais defendem a legalização total das drogas. Sintético. Se perguntassem a esses mesmos jovens o que eles querem para além das drogas livres o retrato sociológico ficava mais completo. É que assim, eu não percebo onde estes jovens querem chegar. Por um lado manifestam-se contra a precariedade e a favor de mais trabalho, intitulam-se "jovens à rasca", por outro defendem a ganza a toda a linha. Será que o termo "à rasca" é mais do tipo "de ressaca"? Será que esta mania, pró-Abrilista, de "legalizar" já cresce inadvertidamente no miolo-subsconsciente das novas gerações? O que é possível constatar é que a imbecilidade já está legalizada.

Sem comentários: