29 de agosto de 2011

Universidades


Há universidades, "universidades sénior" e desde há uns anitos uma "Universidade de Verão". Estive a tentar perceber o que é a coisa e tenho para mim que a Universidade de Verão é um sucesso garantido para os seus "fundadores". Conheço algumas pessoas, professores aposentados, cidadãos virtuosos, etc, que têm no curriculum serem Professores Universitários... de uma Universidade Sénior! É bom, ganha-se algum, fica-se com prestígio e até muitos dos alunos podem dizer que fizeram um curso numa Universidade. Com a "Universidade de Verão" a coisa pia a sabedoria vinda da arte política, selectivíssima, só aceita "bons alunos", quadros do partido, gente de referências que queiram pensar o país 24 horas por dia. O prémio será porventura uma colocação no local adequado à formação que granjearam, a expensas do país. Pelas minhas contas, se em cada ano se formarem 100 alunos, já existem 700 a 800 "jovens" com curso superior desta universidade, prontos para pensarem o país, "convencidos de que podem mudar o mundo", mas o país não melhorou, tem piorado. Será da qualidade dos professores?

Sem comentários: