31 de outubro de 2011

República em estado des graça


Por todo o lado virtual, onde pára uma notícia sobre a crise económica paira um rol críticas de leitores anónimos. É lê-las. Uma delícia para as teses da má-educação e ressabiamanto caseiro. Mais do que as notícias (manipuladas/manipuladoras) os "comentários" são um tribunal animalizado do conteúdo informativo. É lê-las. As notícias, desta República em estado des graça.

Sem comentários: