11 de outubro de 2011

Teostocracia

O estilista Nuno Gama participou na ModaLisboa com uma "colecção" inspirada nos homens que frequentam os ginásios e consequente "teosterona". Depois, explicou, que se inspirou nesses homens, no código de "balneário" e na "aristocracia". O resultado foi um desfile que se chamou "teostocracia" (salvo erro de junção de letras!). Em momentos de crise instalada eu dou palmas às fontes de inspiração dos portugueses, dá para o desenrascanso. Sei que é coisa de estilista, esse cruzamento de homens, balneários, teosterona e aristocratas com meia calça e camisas de renda. Pronto. Era muito pior se se fosse inspirar nos pouco machos, flácidos e povo unido. Não está na moda.

Sem comentários: