11 de novembro de 2011

Acabem os feriados, clarifiquem a memória


Acho giro toda a conversa em torno dos feriados. O povo gosta dos feriados, gosta das "pontes", para o prazer e a preguiça, e gosta das festas. Pior que a quantidades de datas festivas são as numerosas "pontes", bem compridas para se chegar ao "fim de semana". Muitos dos "laicos" aproveitam, bem aproveitadinho, os feriados católicos e nunca puseram em causa a féria desse dia, assim como os ateus no feriado de Natal, dia que apelam de "festa da família" para não causar problemas neurológicos aos seus laicos cérebros. Existem muitos feriados que podiam ser suprimidos mas não por causa da "crise". Não são 5 ou 6 dias de jorna que vão resolver o problema do défice. Eu, simplesmente, suprimia quase todos os feriados porque eles não representam "festa" alguma. Mas não me opunha à evocação institucional da data. Um dos meus "feriados" é o dia 1 de Fevereiro, dia que nunca foi instituído no calendário político. É um feriado de luto. Outros dos meus feriados são as datas em que os meus queridos familiares chegaram e partiram. Todos têm a liberdade de construir datas de evocação. Parar um país para "comemorar-obrigar" à consolidação de datas, que só interessam a seitas políticas, é uma prova da ética republicana. E perguntam-me, e os feriados católicos? De igual modo, acabem com eles. Os feriados têm origem na cultura católica mas hoje vivemos um mundo alheio à espiritualidade. Acabem com os feriados; que não seja por causa do ressabiamento contra os católicos. Tenho a certeza que as datas importantes não vão deixar de ser evocadas, talvez até o sejam com mais paixão. As outras, as que não interessam, serão esquecidas no lixo do panfleto ideológico. Talvez por isso, os republicanos e os camaradas não estejam interessados em acabar com os feriados*, sabem que o povo só sairá à rua pela fé. E quem acredita neste abastardado regime?


(*Se há feriados que não representam qualquer festividade são o "5 de Outubro", "25 de Abril", "1º de Maio").

Sem comentários: