23 de dezembro de 2011

Há primaveras


primaveras que são invernos e invernos que parecem primaveras mas não o são. Primeiro foram para a rua expiar a "ditadura" e cantar a Meca a vitória do "povo" depois voltaram para a rua para expiar os camaradas que mal se viram no poleiro transformaram a primavera noutra ditadura!

Sem comentários: