13 de janeiro de 2012

4000 a mais

Depois de, acidentalmente, ter visto a entrevista na RTP1 ao António Arnaut e ao seu irmão António Reis só me apetece rir com este sketch. Os "irmãos" foram deliciosos, tanto quanto o fel e a hipocrisia. Tanto mérito, tanta Liberdade, tanta Fraternidade que os maçons espalham, tanto sacrifício em busca da Democracia. Mas o melhor foi no final com o grão de bico António Arnaut a dizer que 4000 maçons até é demais para o país, que não deve haver tanta gente "boa" e "habilitada".

Sem comentários: