20 de abril de 2012

Há quem caçe milhas e golpes de estado constitucionais


Em vez de andar a criticar o Rei de Espanha por crime algum, devemos olhar para o nosso umbigo. Os nossos chefes de estado são verdadeiros campeões de viagens com safaris à mistura, tartarugas, pescarias, festarolas, festanças, dançaricos e até agora só não deu para caçadas porque o "bardo" alegre ainda não foi eleito. Para que fique registado, Jorge Sampaio realizou 113 visitas ao estrangeiro durante os seus dez anos de mandato, menos 37 que o seu antecessor, o campeão, Mário Soares. Uma verdadeira caça às milhas e hotéis de cinco estrelas. Nestas 113 visitas e mariscadas Jorge Sampaio esteve ausente do país mais do que um ano, foram 435 dias, ainda longe do campeão que esteve ausente em comezainas perto de 500 dias! O actual chefe de estado está muito longe destes records assim como o General Eanes. Todos os chefes de estado da república das bananas portuguesa tiverem, e têm, direito a alfaiate, prato à mesa, estilista para as suas damas, gasolina à conta, contactos e cunhas para a família se estabelecer e o que demais prover aos senhores. Até podem, e assim o fizeram, convidar pintoras/es para lhes pintar um retratito a óleo para pôr num corredor de um palácio, do tempo em que éramos pátria, ou numa sala de retratos, tudo pago pelo contribuinte, que de facto, contribui para esta caçada se manter. Não há necessidade de criticar os vizinhos tendo tanta matéria por cá....

Sem comentários: