21 de maio de 2012

Com lágrimas

Choro por um dia ver o meu país a cantar uníssono pela sua pátria, exaltar os seus mortos, que nunca o são, a olhar o futuro com a única forma de o ver, através da esperança. Esse canto não virá da nossa isolada voz, não se faz com orquestras de interesses pessoais, mas apenas, tão apenas, com a visão do chão que nos possui e que possuimos em nós, no altruísmo. No único símbolo que nos iguala e nos patrocina, o Rei.

Parabéns Inglaterra

Sem comentários: