9 de maio de 2012

A troica


Perante o alarmante número de desempregados e dos pobres que recorrem ao auxílio das IPSS ouso perguntar onde estava estava o desespero há dois anos atrás? Foi a Troika que originou esta crise com a imposição da austeridade? As medidas são recentes e o governo governa só há um ano. A desigualdade em Portugal tem vindo a crescer desde os anos oitenta, os pobres já eram pobres, subsidiados, frágeis, demasiado expostos, os que não eram pobres pobres ficaram, pobres estamos todos. Os anos do socialismo despesista são a culpa pela mais recente pobreza, secou o dinheiro da banca retirando-o da economia real, encadeou contrapartidas despesistas, de longo prazo, com grupos económicos, promiscuos, ávidos por se apropriarem do pecúlio público. O estado social tornou-se no buraco social. Culpar a Troika é trocar, maliciosamente, as responsabilidades pelo desastre. A Troika é uma e sabemos o que temos de pagar para a ter. A troica portuguesa é outra coisa: é a "política" lusitana; corrupta, falsa, rasca nos seus agentes, muito mais cara de pagar. 


Sem comentários: