1 de junho de 2012

Mediocridade explosiva


Que se pode concluir quando um político e ex-presidente da república diz que a sociedade portuguesa está a viver uma "mistura explosiva" de medos e ressentimentos? O sujeito afirma aquilo que é visível, de fácil diagnóstico, mas o credível seria ouvir o porque, porquê, para que se previnam novos erros. Por cada dez palavras que os ex-políticos dizem nove são para se ilibarem e criticarem os opositores e o "momento". Nada é com eles, no fundo, eles sempre deram "o seu melhor". Criticar o mister pelos maus resultados só no futebol. Há, de facto, um problema na "democracia" da República Portuguesa. Uma gigante falta de carácter e de inteligência. Uma mediocridade explosiva.

Sem comentários: