26 de junho de 2012

O Portugal que não vem nas televisões


"Por ocasião do 50º aniversário da formação dos Comandos, em Zemba, na Província Ultramarina de Angola, recebemos a informação de que foram realizadas, no mês de junho de 2012, diversas reuniões comemorativas.
Apraz-nos chamar, em particular, a atenção para o "Porto de Honra" oferecido no Castelo do Queijo, por essa ocasião. Este "Porto de Honra" ficou realçado pelas presenças dos convidados Dr. Júlio Amorim de Carvalho, escritor e diplomata, e de sua espôsa, brasileira, D. Maria Cristina Cidade Soares, que conversaram longamente, com os membros da Associação de Comandos, no forte construído pelo Marquês de Pombal. Os ilustres convidados apreciaram o esforço de conservação do momumento prosseguido pela actual direcção ( com especial relêvo para a acção do comando António Baptista Moreira).
A recepção, impecàvelmente organizada no Castelo (que actualmente é a sede da Associação dos Comandos do Porto) esteve muito concorrida. Não foi sem emoção que aqueles ilustres convidados, ambos descendentes de estirpes de militares portugueses e luso-brasileiros, estabeleceram prolongado convívio com os valentes combatentes do Ultramar português que lutaram pela sobrevivência da Nação, afinal traída no golpe de 1974".

Sem comentários: