16 de outubro de 2012

Apresentar alternativas e justificar com números


Eu procuro, procuro e não consigo descobrir, para além da crítica avulsa, ressabiada e insultuosa contra o terrível orçamento de 2013, um só "analista", "paineleiro" ou comentador, com maior ou menor anonimato, que exiba uma lista de alternativas para a resolução do nosso défice e da nossa gigantesca dívida mas que seja apresentada e justificada com números e estatística plausível, que não seja apenas diagnosticar. A maioria dos cortes que a "opinião pública" inflamada propõe, cortes nos ordenados dos políticos, carros, cartões, não baixaria o défice nem seria expressivo. O país está a afundar-se em críticas, a maioria reveladoras de um autismo preocupante, mas onde estava este povo, onde estavam estes sindicalistas, quando o socialismo com dinheiro emprestado endividava e enterrava o país? À vista de todos...!

Sem comentários: