20 de dezembro de 2012

Viver com hipócrisia


O Natal é uma festa católica, ponto final. Celebrá-lo depende inteiramente da fé porque ou se é, se sente ou não se sente. Ninguém é obrigado a "aderir". Não há uma lei que obrigue a aceitá-lo por isso não é admissível que alguém diga que o Natal se impõe sobre a sua vida. Todavia, não faltam pessoas que "vivam" meias celebrações com sobranceria, desdém e hipócrisia.


2 comentários:

Paulo Cunha Porto disse...

É a guerra das propagandas, Caro João: «se não podes vencê-los, junta-te a eles, mas, de preferência só no lado gozoso, livra-te do que, à partida sacrificial e custoso, que superadas as renitências, te mude»...

Abraço

João Amorim disse...

Propaganda, muito bem dito. Os natais virados para o comércio dos sentimentos e dos corações cheios de nada...!

abraço