3 de janeiro de 2013

Trio de cáca


Já me ia esquecendo de ter este desabafo. Nesta segunda ou terça feira vi uns instantes de um programa desportivo chamado "Trio de Ataque". Algures por ali os 3 estarolas começaram a "analisar" uma boca do presidente do Benfica ao presidente do FCPorto quando o primeiro disse que o Pinto da Costa era a Rainha de Inglaterra! O que ouvi da análise foi revelador da capacidade de "análise" dos analistas. Um, que queria dar ares de intelectual, disse "que não fazia sentido a comparação pois a Rainha de Inglaterra era uma figura decorativa e o Pinto não era" e por aí fora. Quando a vulgarização e o preconceito se sobrepõe à inteligência e ao conhecimento não há registo que aguente. Falar mal da Monarquia incha muito o ego dos, coitados, confundidos, melhor só falar mal da Igreja, dos padres e da direita. Quem disser mal disso tudo ao mesmo tempo não só passa por ser um "gajo à maneira" como é levado para o salão dos modernos! Com tanta fome, as TV's servem cáca.

2 comentários:

Paulo Cunha Porto disse...

Meu Caro João,
eu até acho que nem havia qualquer agenda dissimulada, mas simplesmente a necessidade de encher o programa. Aliás, esta corresponde a uma tendência crescente que me vem afastando um pouco do comentário desportivo, qual seja a de secundarizar a própria actividade desportiva, promovendo as tensões de bastidores e as bocas semeadoras de discórdia. ´

Abraço

João Amorim disse...

Exacto, caro Paulo, os três comentadores deviam cingir-se à bola e mesmo assim duvido que algum tenha jogado futebol. É como os analistas que comentam economia sem nunca terem tido uma empresa e saberem o quão difícil é arriscar o dinheiro do próprio bolso.

abraço