27 de maio de 2014

31 de 27


Em Portugal, para as eleições do desastre europeu, 72,81% dos votos não foram contabilizados: 65,33 (record absoluto) de abstenções, 4,42 de votos em branco, 3,06 de votos nulos. Os socialistas "ganharam" com 31,5% dos 27,19% de votos a contas! A resposta foi dada, o péssimo jornalismo está a interpretá-la de outra maneira, enviesada e hipócrita, como de costume. A abstenção foi vencedora e o resumo é claro: o regime europeu não motiva ou satisfaz os portugueses, mais, o português vota nas eleições europeias como quem vota para a junta de freguesia. Houvesse na "Constituição" uma lei que se pronunciasse sobre a abstenção e a abdicação do governo, do regime e do poder local era lida claramente sem falácias. Fizessem a votação através de um site online e o link abstenção ainda seria mais votado do que é.


Sem comentários: