22 de setembro de 2014

Estão os neo-comunistas a regressar às ruas?


Um artigo de espantar espanta-se com (o regresso! de) neo-nazis nas "ruas"! Porque não saiu um título jornalístico similar nas várias homilías em frente à Assembleia da República com pedras e garrafinhas, com petróleo, contra a polícia? Os neo-comunistas têm mais direito a andar nas "ruas" que outros congéneres? E os neo-"jovens"-da-linha-de-sintra movimentam-se isentos de ideologia?

Sem comentários: