27 de novembro de 2014

Na república das "imputações absurdas, injustas e infundamentadas"

Vou copiar o cabeçalho da notícia:

"Funcionários que devolveram 4.407 euros homenageados 

Os três funcionários da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, que recentemente encontraram um envelope com 4.407 euros no lixo e devolveram-no, receberam esta quinta-feira um voto de louvor da autarquia poveira."



...está, assim, visto que neste país vagueiam apenas malandros e injustiçados. Como é possível dar-se um prémio por um comportamento honesto?

Sem comentários: