29 de janeiro de 2015

República Portuguesa xulista


Os advogados de defesa do ex-primeiro ministro xulista, digo xuxialista, preso preventivamente, dizem que não vão permitir a apresentação por parte do juiz instrutor de uma "prova proibida"!! Se uma "prova" prova, como pode ser proibida ou proibitiva?

Sem comentários: